Palavra do Pastor

Dia das Mães – 2022
Falar ou escrever sobre o “Dia das Mães” pode ser algo relativamente fácil. Existem,
muitos jargões que facilitam o acesso aos sentimentos mais sensíveis que caracterizam as
pessoas envolvidas nesta celebração. Porém, falar para as mulheres-mães já é algo mais
complicado. Datas e pessoas são bem diferentes. Minha tentativa aqui será falar com as
mulheres-mães. Gosto muito de refletir sobre o milagre da vida, que apenas as mulheres
mães experimentam, sejam aquelas que geram e dão a luz como também aqueles que
adotam e dedicam sua essência materna aos filhos e filhas. Existe um “milagre” envolvendo
as mulheres-mães; o milagre da vida. As relações viscerais desenvolvidas pelas mães é algo
impossível de ser colocado em palavras, por isso chamo isso de “milagre de vida”. Vai além
daquilo que seria possível descrever, é preciso vivenciar e isso está reservado às mães. Eu
não conseguiria falar sobre tal acontecimento.
Mesmo não sabendo falar sobre o assunto, consigo admirá-lo. Aprecio o milagre da
vida por ver nele a ação Divina envolvida do começo ao fim. Creio firmemente que Deus
não apenas escolheu você para ser mãe; Deus também chamou-a para a maternidade;
Deus também te habilitou para este papel tão singular. Escolhida, chamada e habilitada,
você consegue realizar o mais nobre de todos os papéis existenciais: Gerar a vida e cuidála. Vejo a vida sendo gerada desde o ventre materno, mas também vejo-a sendo gerada no
dia a dia, por aquelas que adotam, por exemplo. Quando você doa parte de si para seus
filhos, empresta sua própria existência, abre espaço para que o outro ser construa o seu
espaço de vida e então você pode ser chamada de mãe. Você não precisa renunciar ao seu
espaço de vida, mas pode acolher nele seus filhos amados e proporcionar-lhes experiências
de companheirismo, acolhimento, cuidado e proteção. Chegará o momento em que isso se
reverte e você passa de provedora para a condição de ser cuidada.
Creio que a melhor prece que podemos fazer neste momento seja que o
discernimento dos papéis que vivemos e exercemos, sejam carregados de significados,
marcados por qualidades distintas. Que o olhar de Deus alcance todas as mães e que a mão
amorosa do Pai Celeste esteja sempre estendida sobre todas as mulheres mães. Que haja
respeito, amor, justiça e que todos os direitos sejam resguardados e os deveres sejam
exercidos. Que Deus sempre acolha todas as mães em suas ansiedades, medos e
preocupações e que acalme os corações aflitos. Que as alegrias se renovem e sejam sempre
possíveis para todas as mulheres mães. Que as mães possam ser mulheres livres e
respeitadas e que as mulheres possam ser mães felizes e realizadas.
Feliz Dia das Mães!

Um abraço da Escola
Martinho Lutero

Pastor Alcione Eidam
Capelão Escolar